You are currently viewing Qual a diferença da cirurgia por vídeo para o robô?

Qual a diferença da cirurgia por vídeo para o robô?

A cirurgia por vídeo é feita utilizando-se pequenas incisões e através destas incisões passamos os trocaters (suportes pelos quais se passam as pinças) para podermos realizar a cirurgia. Primeiramente injeta-se gás de CO2 para distender a cavidade abdominal e podermos ter espaço para acessar os diferentes órgãos e podermos realizar a cirurgia. Mas e aí dr qual a diferença do robô para o vídeo, ele opera sozinho? A resposta é não.

A cirurgia robótica nada mais é do que uma evolução da cirurgia por vídeo. Através destes trocaters também passamos as pinças, porém estas pinças são conectadas nos braços do robô. Também precisamos aqui injetar o CO2 e distender o abdome para acessar os órgãos e acessa-los com as pinças. Porém, no caso da cirurgia robótica, os braços que irão se movimentar serão os do robô, mas tudo controlado pelo cirurgião. O cirurgião na cirurgia por vídeo fica dentro do campo cirúrgico, já no robô ele fica fora do campo dentro de uma cabine a uma distância aproximada de 3 metros do paciente e de lá controla os braços do robô. Dentro de campo ficam cirurgiões auxiliares e instrumentadores para auxiliar nas trocas de pinças.

Mas a pergunta que fica é: existe algum benefício nisso se é o próprio cirurgião que opera? O que muda para a cirurgia por vídeo? A resposta é sim. Fazendo o uso da tecnologia robótica o cirurgião controla todos os movimentos, mas com uso do robô pode fazer movimentos muito mais detalhistas. Tremores podem ser corrigidos e uso da articulação do braço do robô pode tornar a cirurgia muito mais efetiva do que no vídeo, formando movimentos muito mais precisos e acurados, levando a cada vez mais a preferência por cirurgias com uso da tecnologia robótica.

 

Dr. Murilo Rocha Rodrigues

Deixe um comentário