fbpx

TRATAMENTO CIRÚRGICO PARA ENDOMETRIOSE

O que é Endometriose?

A definição médica de endometriose é: presença de tecido semelhante ao que recobre a cavidade uterina fora de seu local habitual. Acredita-se que a prevalência da endometriose esteja entre 12 a 15% das mulheres em idade fértil.
Na maioria das vezes a endometriose é encontrada na pelve feminina. Localizações específicas da doença (também conhecidas como lesões, ou implantes) são encontradas em vários órgãos da pelve, incluindo útero, ovários, trompas, ligamentos uterinos, ureteres, intestinos e bexiga.

A localização destes implantes, a profundidade de penetração no tecido sobre o qual eles se encontram e seu tamanho, contribuem para a natureza única desta doença. Embora existam opiniões divergentes sobre alguns dos aspectos da endometriose, há consenso no sentido de que todos concordam que ela nunca se manifesta de maneira igual em todas as pacientes. Podemos encontrar situações semelhantes de acometimento pela endometriose, mas cada uma com sua particularidade.

Em relação aos sintomas não existe um padrão. Algumas mulheres com doença avançada não sentem nenhuma dor, e mulheres com doença inicial podem sofrer dor incapacitante. Também existem graus intermediários de intensidade da dor, sendo ela o sintoma mais frequente. Outros sintomas incluem: cólicas menstruais severas, dores pélvicas fora da menstruação, dor lombar, dor às relações sexuais, movimentos intestinais dolorosos, diarréia durante as menstruações, dor ao exame ginecológico e, dor e aumento de frequencia das micções. Obviamente nem todas as mulheres apresentam todos estes sintomas, mas eles são os mais frequentes.

O diagnóstico da Endometriose geralmente é realizado por história clinica e exame fisico sendo complementado com Ressonância Magnética e Ultrassom Endovaginal com Preparo Intestinal. Entretanto a cirurgia laparoscópica ou Robótica (padrão ouro) ainda é a única forma de se fazer o diagnóstico com certeza.

O tratamento pode ser medicamentoso ou cirúrgico.  A utilização de remédios pode trazer alívio dos sintomas porem não cura e não regride a doença. Ja a abordagem cirúrgica pode ter como objetivo remover todos os focos da doença. Em alguns casos, uma abordagem mais radical pode ser necessária com a remoção total ou parcial de órgãos como útero, trompas, ovários, vagina, bexiga e intestino.

Copyright © 2018 RR Médicos Cirurgiões
Produzido por DnA – DESIGN ‘N’ ANIMATION

Este site segue os princípios da resolução do CFM 1974/2011 e do código de conduta Web de medicina e saúde. A informação é oferecida com propósito de educação e informação, não necessariamente são técnicas praticadas na Clínica. Não substitui opinião médica em atendimento formal. Se você tem qualquer problema de saúde, contate seu médico ou profissional de saúde. Todas as informações e textos são produzidos pela equipe da Clínica. Fotos são meramente ilustrativas. Direitos são reservados. A publicação e redistribuição de qualquer conteúdo é proibida sem prévio consentimento.
Fechar Menu